sábado, 18 de janeiro de 2014

Três Sílabas



Ralo e ralho,
chego manco.
Choro e coro.

Cego, mancho
minha fala.

Velho tolo,
trinco e tolho,
velo e entalho
minha falha.

E... entalo.

Assemelho.
Minha falha
trincho e lancho,
assimilo.

Desempenho.
Minha fala
desempeno,
marco e lanço.

Calo e calho.
Então marcho.

E... entalho.

Porque dor termina com ar.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Cinco Sílabas



Ouvindo a conversa
de um velho na rua:
“Amor não existe!
Não existe isso.
Amor!? Não existe!”

Todo ano chove,
às vezes mais, às
vezes menos. Às
vezes chove gelo.
Nem chove... às vezes.

Derrete e escorre.
Gelo não existe?
Evapora e some.
Água não existe?

terça-feira, 7 de janeiro de 2014