sexta-feira, 22 de abril de 2016

Reticências IX



Vejo que amanhã olharei seus olhos
E com eles,
Reflexos,
Eu verei meu rosto.
E o meu rosto neles me parecerá terrível.

Reticências VIII – Ela...

Pois eu te digo:
Suas palavras não te preenchem a alma que sequer tem.
Elas
Te levam
De mim
Que estou 
Aqui
Na sua frente.

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Difícil é bom?



        Existe uma regra que assim diz: “Se é difícil, então é bom.”, ou “Uma coisa difícil é melhor do que uma coisa fácil.”, ou ainda “Uma coisa fácil vale menos que uma coisa difícil.”, e também “Se é fácil, não é bom.”. Bom, eu digo que dificilmente isso é assim.
        Eu poderia começar agora a fazer uma lista de coisas boas que são fáceis e de coisas difíceis que não são boas. Mas fazer isso para mim seria difícil, logo, não seria bom. É mais fácil dizer que isso é assim e pronto, e que eu estou certo e basta você concordar, dizendo “Sim, é verdade”. Se você concordar, pode pensar exemplos para confirmar, o que para mim é melhor, pois me pouparia o trabalho de continuar falando sobre o assunto. Mas se você não concordar, vai pensar seus contra-exemplos para rebater, o que para mim é difícil de ler e nada bom de escutar. Seus contra-exemplos me colocariam o difícil trabalho de ou (1) discordar, procurar argumentos melhores e bons exemplos para rebater os seus, e assim mostrar que eu sei falar difícil e sou bom de raciocínio; ou (2) concordar com a sua discordância, acatar seus argumentos como melhores e admitir seus contra-exemplos como bons, mostrando que o que eu dissera, além de difícil, era pior, pois o que você disse era mais fácil de entender e melhor. De qualquer modo, (1) e (2) são coisas difíceis e que não são boas. (1) porque demanda muito tempo, para pouco retorno – será mesmo que essa discussão vai mudar alguma coisa na nossa vida?; (2) porque pede que eu engula meu orgulho diante de seus argumentos sensacionais – e você teria que bater nas minhas costas para que eu não me engasgasse com essa coisa difícil presa na minha garganta, o que para mim não ia pegar muito bem.
        Bem, como você acaba de ver acima, eu acabei fazendo uma listinha, (talvez [e propositadamente]) difícil de ler, de coisas difíceis que não são boas e coisas boas que não são difíceis. É para você ver que é mais fácil concordar logo comigo e nos poupar de continuar com esse texto difícil e ruim.

Umbelino Neto, 13.04.2016