domingo, 18 de setembro de 2016

Pensar que te vejo

Penso em você, porque não te vejo,
Porque se eu te visse,
Não com o pensamento,
Mas com os olhos,
Eu não teria que pensar em você.

Eu teria você em minha frente
E seria isso simplesmente:
As suas mãos tocando as minhas,
O seu rosto junto ao meu,
O seu cheiro me preenchendo a respiração,
Que eu ouviria acelerar pouco a pouco,
Aumentando junto com o calor das nossas peles.

Mas não te vejo,
Então, cego, só me resta pensar que te vejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário